1900-10
1901

Desenho e concepção com êxito de um protótipo de duas unidades de produção.

1902

Comercialização da primeira da primeira moto Indian Motorcycle® com uma inovadora transmissão por corrente e um design aerodinâmico.

1903

Oscar Hedstrom, um dos fundadores e engenheiro chefe na Indian Motorcycle® estabelece o recorde do mundo de velocidade em cima de uma moto (90 km/h 56 Mph).

1906

A Indian Motorcycle® apresenta o primeiro motor V-Twin de produção americana após diversos anos de desenvolvimento e de testes intensivos. 101 anos depois o V-Twin é a arquitetura mais popular para as motos de cruzeiro ou cruisers.

George Holden e Luis J. Mueller viajam entre São Francisco e Nova Iorque em 31 dias em cima de uma Indian Motorcycle® batendo o anterior recorde por 18 dias.

Uma Indian Motorcycle® Twin de 1907 ganha a primeira prova de resistência e fiabilidade de 1600 km em Inglaterra. O departamento de Policia de Nova Iorque compra duas para perseguir cavalos desgarrados.

1904

Apresentada a nova cor carmesim metalizado; a Indian Motorcycle® ganha a medalha de ouro de Excelência Mecânica na Exposição de St. Louis.

1907

O Departamento de Policia da cidade de Nova Iorque escolhe a Indian Motorcycle® para a sua primeira unidade policial de duas rodas.

1908

O novo desenho do quadro da Indian Motorcycle® permite colocar o depósito de combustível na trave central de forma horizontal. Outros fabricantes acabam por seguir este conceito que se torna na configuração básica de praticamente todas as motos até à actualidade.


1910-19

1911

Os pilotos Indian Motorcycle® alcançam a maior parte dos recordes de distância e velocidade dos EUA. A Indian Motorcycle® ocupa as três primeiras posições na corrida de montanha da Ilha de Man.

1913

É apresentada a primeira suspensão de báscula e lâminas para motos.

1914

São 3.000 os funcionários que trabalham na linha de montagem da fábrica da Indian em Springfield no Massachusetts. A linha de montagem tem 11 km de extensão e um área de 93.000 m2. A Indian Motorcycle® apresenta a primeira moto do mercado equipada com luzes elétricas e motor de arranque. Cannonball Baker estabelece o recorde de velocidade através dos EUA numa Indian Motorcycle®.

1916

A competição sofre uma interrupção já que a Indian Motorcycle® fornece 41.000 veículos de guerra para o exército. É desenvolvido o primeiro motor de válvula lateral com 1.000 cm3 denominado de Powerplus®.

1918

Um modelo de competição equipado com o motor Powerplus®, com árvore de cames à cabeça e quatro válvulas por cilindro atinge 193 km/h de velocidade máxima.


1920-29

1920

É uma década de crescimento para a gama de modelos da Indian® que estreia a revolucionaria Scout® de 1920, seguida pela Chief® que atinge 152 km/h, a Big Chief® ainda mais potente, a ligeira Prince e a incrível Four de quatro cilindros.

Pela primeira vez é utilizado um processo de construção por semi blocos no fabrico da Indian® Scout.

1922

A Indian® é a primeira marca americana a utilizar blocos de motor em alumínio completamente estanques. A concorrência não consegue acompanhar.

É apresentada uma Indian® Chief com 1.000cm3.

1923

Quando apareceram as primeiras motos nos EUA, nos finais do Séc. XIX havia alguma incerteza na terminologia adequada para denominar este tipo de veiculo. Alguns jornalistas chamavam-nas de “motocycle” enquanto outros designavam-nas de “motorcycle” . Na fábrica da Indian® decidiu-se utilizar a terminologia “motocycle” motivo que levou à mudança do nome da empresa para “Indian Motocycle Company”.

É lançada a Big Chief® V-Twn com 1.200cm3.

1927

É lançada a Indian® Ace de quatro cilindros.

1928

A Scout® é convertida como a moto favorita dos acrobatas do “Poço da Morte”.


1930-39

1930

A art déco chega à Indian Motorcycle® com lançamento de uma ampla gama de motos com cores lacadas, decorações a dois tons, linha estilizadas e decalques.

1932

Lançamento de dois novos modelos de menor cilindrada a Motoplane e a Pony Scout.

1937

O piloto Ed Kretz, conhecido como o “Iron Man” aos comandos de uma Sport Scout dizima a concorrência na prova inaugural das 200 milha de Daytona. A Indian lança a primeira moto com dois carburadores.

1939

A 2ª Guerra Mundial obriga a turnos de produção para fabricar motos para o Departamento de Guerra americano. O Governo francês encomenda 5.000 Chief equipadas com side-car.


1940-49
1940

Os pioneiros da Indian Motorcycle® utilizam uma suspensão traseira óleo pneumática. São apresentados os primeiros guarda lamas com empena completa. Durante a guerra a produção destina-se quase em exclusivo ao exército e forças policiais.

1941

A Indian Motorcycle® inicia a produção de uma moto militar com eixo avançado e motor com caixa de 4 veliocidades.

1943

A Indian ganha o prémio Army Navi Production Award.

1945

A empresa é vendida à Torque Engineering Company. Mais tarde divide-se em duas em Atlas Coporation (fabrico) e The Indian Sales Corporation (distribuição).

1947

Johnny Spiegelhoff ganha a Daytona 200 com uma Sport Scout®.

1948

Floyd Emde conquista a primeira vitória para a Indian® no circuito misto praia/estrada da Daytona 200 com uma Scout 648.


1950-70

1951

Com o final da guerra a Indian® faz um tremendo esforço para voltar a entrar no mercado de consumo. Volta a aparecer o modelo Chief® que tinha sido retirado da gama agora com potente motor de 1.300cm3, mas as vendas caem e em 1953 a Indian® encerra em definitivo a produção de motos.

1967

Herbert “Burt” Munro aos comandos de uma Scout® de 1920 modificada por si próprio bate o recorde do mundo de velocidade para uma moto com menos de 1.000cm3 em Boneville Salt Falts. Quarenta anos depois o feito de Munro e da sua Indian® ainda não foi superado.


1998-2003

1998

Um complicado processo relacionado com os direitos de utilização da marca frustra as numerosas tentativas de reavivar a Indian® até ao momento em que diversas empresas concorrentes se unem para fundar a Indian Motorcycle® Company.

1999

Dá-se inicio à produção mas o projecto não prospera.

2003

É lançado o último modelo desta empresa no mercado.


2004-11

2004

Stephen Julius e Steve Heese despois de ressuscitarem a empresa Chris-Craft ( construção naval) que estava em apuros focam-se na marca Indian Motorcycle®. Compram os direitos comerciais da marca e a propriedade intelectual da mesma. A Chris-Craft® é uma marca registada da CC Marine Brand Aquisitions LLc.

2008

Dá-se início à produção de motos Indian® Chief® modelo 2009 que começam a sair da linha de montagem situada em Kings Mountain na Carolina do Norte.


2011+

2011

A Polaris® passa a incorporar uma das marcas lendárias da história do motociclismo na sua gama de motos cruiser e turismo denominada de Victory. A Indian Motorcycle® opera como uma unidade de negócio autónoma apoiada pela potente combinação de conhecimento, engenharia e tecnologia do gigante Polaris® sempre com a mesma marca de qualidade e design emblemático e a rica herança de uma marca histórica como é o caso da Indian Motorcycle®.

2012

A plataforma Kings Mountain Chief® é abandonada.

2013

Início de uma nova era para a Indian Motorcycle® que começa com o lançamento do novo motor Thunder Stroke™ 111, apresentado durante a Bike Week de Daytona em março e a nova Indian Chief® modelo de 2014 em Sturgis durante o Motorcycle Rally de agosto.