Tumultuous times | Indian® Motorcycles - PT -
TUMULTUOUS TIMES AND THE FIGHT FOR SURVIVAL

Tempos conturbados e a luta pela sobrevivência

1953 - 2010

A interrupção da produção da Indian Motorcycle, de todos os modelos, em 1953, ditou o início de uma pausa de cinco décadas na preenchida história da empresa. Pese embora os inúmeros esforços levados a cabo pela empresa durante esta época conturbada, o nome Indian Motorcycle continuou a ser visto em alguns modelos importados, estes tempos atribulados ficaram marcados por várias mudanças de propriedade, o que acabou por desviar a marca e a empresa do caminho para o sucesso traçado pelos fundadores originais da Indian Motorcycle. Este período de incerteza finalmente teve um fim, quando a empresa Polaris Industries adquiriu a Indian Motorcycle, em 2011, marcando de forma decisiva o regresso da marca ao crescimento sustentado que marcou o início da Indian Motorcycle.

Indian riders and owners after winning a race

A ERA DA BANCARROTA

Em 1950, o então Presidente da Indian Motorcycle Ralph B. Rogers, renunciou ao cargo e foi substituído pelo empresário inglês John Brockhouse. Em 1953, a Indian Motorcycle Manufacturing Company cessou as operações e descontinuou a produção de todos os modelos e o nome da marca foi adquirido, dois anos mais tarde, pela Brockhouse Engineering, que começou a vender Royal Enfield importadas, mas com o nome Indian Motorcycle. Em 1960, John Brockhouse vendeu o pouco que restava do negócio da Indian à Associated Motorcycle Company e a marca acabou por morrer pouco tempo depois.

O líder industrial Floyd Clymer comprou os direitos da marca em 1963, e uma vez mais, tentou colocar o nome Indian em motos britânicas, até à sua morte, em 1970, com o seu advogado a assumir a propriedade da marca. Sob a direção do advogado de Clymer, as vendas caíram drasticamente e as operações voltam a cessar em 1977.

THE GILROY AND STELLICAN ERAS

AS ERAS GILROY E STELLICAN

A produção exclusiva da Indian Motorcycle regressa em 1998. A fusão de nove empresas deu origem à Indian Motorcycle Company of America (IMCA), que deu origem à abertura da fábrica em Gilroy, Califórnia. O IMCA passou a produzir versões alteradas de alguns dos primeiros modelos de sucesso da Indian, como a Chief ou a Scout, antes de entrar em falência em 2003.

Após o fim da IMCA, a empresa de capital privado Stellican Ltd., com sede em Londres, comprou os ativos da Indian Motorcycle e abriu a fábrica da recém fundada Indian Motorcycle Company em King Mountain, na Carolina do Norte. A fábrica produziu um modesto número de motos, antes da Stellican vender a Indian Motorcycle à Polaris Industries em 2011.

Burt Munro getting ready for a race

BURT MUNRO

Em 1967, o neo-zelandês Burt Munro, de 68 anos, fez história no motociclismo ao estabelecer um novo recorde de velocidade terrestre – 296.259 km/h com uma velocidade máxima não-oficial de 331.31 km/h – aos comandos de uma, profundamente alterada, Indian Scout Streamliner de 1920, no Lago Salgado de Bonneville no Estado do Utah.

Munro começou a estabelecer um grande número de recordes de velocidade terrestre na Nova Zelândia em 1940 e em 1950, a sua Scout provou ser demasiado veloz para as pistas da Nova Zelândia. Assim, ele estabeleceu novos objetivos: correr nos imensos Lagos Salgados de Bonneville. Ao longo dos anos, Munro e a sua Scout competiram nos Lagos Salgados de Bonneville, por nove vezes, estabelecendo novos recordes do mundo em três ocasiões, culminando com a sua última presença em Bonneville, onde viria a estabelecer um novo recorde em 1967. Burt Munro passou a figurar no “AMA Hall of Fame” a partir de 2006, uma homenagem aos seus feitos.

FLOYD CLYMER

Quando a Indian Motorcycle cessou todas as operações em 1953, a industria americana do motociclismo foi fortemente abalada pela perda de uma das suas marcas mais históricas. Em 1963, o piloto, importador, concessionário, editor de revistas, promotor de corridas, autor e empresário ligado à produção de motos Floyd Clymer, assumiu a propriedade da marca Indian Motorcycle. A sua luta para revitalizar a extinta marca Indian Motorcycle, passou pela importação de modelos da Royal Enfield e da Velocette, nas quais colocava o nome Indian Motorcycle.

Em 1970 dá-se um acontecimento trágico: Floyd Clymer morre vítima de ataque-cardíaco. Ele havia passado a marca Indian Motorcycle para o nome do seu advogado Alan Newman, que continuou a vender motos de cilindrada baixa, na sua grande maioria fabricadas em Taiwan, mas com o nome Indian, antes das operações voltarem a cessar por completo em 1977.

Eras Históricas

ENCONTRE UN CONCESSIONÁRIO